Você se preocupa com o futuro do planeta?

Muitas populações silvestres de Xenarthra sofrem ameaças à sua sobrevivência a longo prazo por toda a América Central e do Sul. Algumas destas espécies são tão pouco conhecidas que nós não conseguimos sequer avaliar o quanto delas ainda existe, estimar suas chances de sobrevivência ou iniciar planos de conservação. Os xenartros são notoriamente pouco estudados, provavelmente porque o trabalho de campo com tamanduás, preguiças e tatus é uma tarefa das mais desafiadoras.

Contudo, existe esperança: uma energética e crescente comunidade de pós-graduandos, pesquisadores, educadores e especialistas de cativeiro é dedicada ao estudo e conservação destes furtivos e cada vez mais ameaçados mamíferos. Eles precisam da SUA ajuda.

Sua contribuição pode ajudar a salvar tamanduás, preguiças e tatus da extinção!


Se você deseja doar equipamentos de campo para pesquisas em conservação, programas de educação ambiental em países que englobam a área do ocorrência das espécies ou ainda apoiar financeiramente nossas atividades, por favor entre em contato com a Dra. Mariella Superina, Presidente do Grupo de Especialistas em Tamanduás, Preguiças e Tatus da IUCN/SSC.


Sua contribuição, não importa quão grande ou pequena, fará uma enorme diferença para a conservação destes estranhos, peculiares, e carismáticos animais!



Powered by MG-i